Aventura & Offroad   Aventura & Offroad

Voltar   Aventura & Offroad > Lista Geral > Geral Off
Portal Fórum A&O Shop Motos Bikes Náutica Pesca Surf Camping

Geral Off Quer falar de algo (sério ou não) e que não é o alvo de nosso site ? Este é o local adequado.

English   Italiano   Français   Español   Deutsch   Русский   中文   日本語   Nederlands   עברית   Ελληνική   العربية   한국어

A&O                             Anuncie Aqui

Detectores de avanço de sinal - imprecisões

Resposta
Visitas: 5765 - Respostas: 5  
LinkBack Opções do Tópico Modos de Exibição
Antigo 13/02/10, 22:49   #1 (permalink)
Membro
Pontos: 20.205, Nível: 89
Pontos: 20.205, Nível: 89 Pontos: 20.205, Nível: 89 Pontos: 20.205, Nível: 89
Atividade: 69%
Atividade: 69% Atividade: 69% Atividade: 69%
 
Registrado em: Jul 2008
Cidade: Rio de Janeiro
Idade: 63
Posts: 473


Ver Perfil de byCOC   Ver Álbum de Fotos de byCOC   Ver Garagem de byCOC   Adicionar byCOC aos Seus Contatos   Ver Grupos A&O

Agradecer Post: 120
Agradecido 557 vezes em 261 Posts
Reputação: 39
byCOC Jóia brutabyCOC Jóia brutabyCOC Jóia bruta
Padrão Detectores de avanço de sinal - imprecisões

Olá amigos,

Abri este tópico para aqui discutirmos a validade das infrações fotografadas por esses Detectores de avanço de sinal que hoje proliferam nas cidades brasileiras e como muitas vezes multam erradamente e injustamente os incautos motoristas que, mesmo recorrendo, dificilmente serão absolvidos.

Vamos discutir vários pontos polêmicos, como a seguir:

- Aferição do INMETRO : Será o processo de detecção de avanço de sinal como um todo homologado pelo INMETRO ou apenas os medidores de velocidade, tempo, distancia de sensores e faixas, e outros parâmetros seriam homologados?

- Tempo mínimo do sinal amarelo - Influência quanto à velocidade da via

- Tempo após o vermelho em que as câmeras são acionadas (multagem) - Avaliação da distancia entre o sensor de relutância magnética, a faixa de pedestre e a linha do sinal

- Considerações sobre o ângulo de visada do motorista e comprimento da VTR.

- Situações críticas de condução, como autuações em vias engarrafadas, falhas da sinalização, etc.

- Outros parâmetros que podem confundir e levar a erro a multagem desses equipamentos.

***

Antes mesmo de analisar o funcionamento desse sistema podemos identificar situações de multagem injusta, como por exemplo:

a) Passar com o sinal amarelo não é avanço de sinal, portanto não deveria em nenhuma hipótese, ser penalizado, mas vejam a seguinte situação:

Um sinal tem o tempo de amarelo muito pequeno e o motorista, quase parando (digamos 20Km/h=5,5mt/seg)), passa o início da travessia no tempo do amarelo mas o comprimento da VTR + a largura da faixa de pedestre (p/ex: 6mt+6mt = 12mt) fazem com que a VTR demore 12 m / 5,5m/s = 2,2seg.

Se logo após a última visada do motorista o sinal muda para vermelho e caso a ajuste de tempo de multagem após vermelho seja de 1 seg (como normalmente o é), como esse motorista leva 2,2 seg para "sair da faixa", o mesmo será multado por avanço de sinal ERRADAMENTE.

Será que o INMETRO aceita homologar um sistema desse com multagem após 1 seg. do vermelho ? ... Resposta: SIM.

NÃO PRECISA SEM BOM DE MATEMÁTICA PARA VER QUE PARA EVITAR INJUSTIÇA COMO ESSA, BASTARIA QUE A MULTAGEM OCORRESSE NUM TEMPO DE VERMELHO MAIOR, TALVEZ 4 SEG, que daria tempo do motorista atravessar no amarelo sem ser multado.

Por essas e outras esse sistema é falho e seu ajuste vem sendo feito visando mais a arrecadação do que a prevenção, pois mesmo com tempo de 4 seg, o cara que avança o sinal "de verdade", seria pego e multado e o pobre infeliz do exemplo acima não seria multado injustamente.

Pergunto aos amigos: Alguém teria as normas ou determinações de ajuste dos tempos mínimos de AMARELO ?

Aqui no Rio de Janeiro, há sinais "cata níqueis" que ficam apenas 1 seg. no amarelo e + 1 seg. no vermelho antes da multagem ... Dá pra ver a intenção dos responsáveis.

Mas o que me assusta e espanta mais é o INMETRO dar seu aval a uma coisa dessas !

Bem ... mais à frente vamos, juntos, discutir melhor esse assunto e conto com os amigos para nos ajudar nos parâmetros dos tempos e distâncias regulamentares, se é que existem (creio que sim).

Participem !

Abraços,
byCOC está offline   Responder com Quote
Links Patrocinados
Segurança na Trilha                             A&O Shop
Antigo 15/02/10, 08:57   #2 (permalink)
Moderador
Pontos: 80.826, Nível: 100
Pontos: 80.826, Nível: 100 Pontos: 80.826, Nível: 100 Pontos: 80.826, Nível: 100
Atividade: 6%
Atividade: 6% Atividade: 6% Atividade: 6%
 
Avatar de Leo Santis
 
Registrado em: Dez 2007
Cidade: São Paulo
Idade: 41
Posts: 6.140


Ver Perfil de Leo Santis   Ver Álbum de Fotos de Leo Santis   Ver Garagem de Leo Santis   Adicionar Leo Santis aos Seus Contatos   Ver Grupos A&O

Agradecer Post: 1.240
Agradecido 2.097 vezes em 1.162 Posts
Reputação: 86
Leo Santis Aura espetacularLeo Santis Aura espetacular
Enviar mensagem via Skype para Leo Santis
Padrão

Eu até gostaria de discutir tecnicamente esse assunto, mas sinceramente acredito que essas "fiscalizações" tenham mais ordem arrecadatória do que qualquer outra coisa.
A pouco tem em Sp foi desmascarado um esquema em que a empresa contratada, violava os lacres do INMETRO de radares para multar abaixo da tolerância e arrecadar mais. Claro, isso pq a empresa ganha comissão por isso.
Honestamente, tenho a mior desilusão por isso. É duro admitir, mas gosto do sistema americano, onde o sujeito que comete uma infração é parado pela polícia e não pego de surpresa com uma multa.

Abs.
Leo Santis está offline   Responder com Quote
Leo Santis
Antigo 18/02/10, 09:30   #3 (permalink)
Membro
 
Registrado em: Fev 2010
Cidade: rio de janeiro
Idade: 39
Posts: 1


Ver Perfil de MAROTTA   Ver Álbum de Fotos de MAROTTA   Ver Garagem de MAROTTA   Adicionar MAROTTA aos Seus Contatos   Ver Grupos A&O

Agradecer Post: 0
Agradecido 0 vezes em 0 Posts
Reputação: 6
MAROTTA No caminho certo
Padrão

Amigos,

Pior ainda, é quando, vc está em um sinal com um desses equipamentos em funcionamento, e vc é o primeiro da fila. Logo atrás chega uma ambulância em socorro pedindo passagem, e o guarda, que está neste cruzamento, fazendo sabe-se lá o que, te manda avançar. E ai?? Avança ou não? Eu não avançaria, afinal é mais fácil discutir uma multa sem fotografia, que é questionável, do que justificar uma com foto por avanço, justificando que tinha uma ambulância, e que o Sr. guarda mandou passar.

Já repararam que as imagens que são encaminhadas, vez por outra, são "closes", e outras mostram toda a periferia da imagem. Creio eu, que é para dificultar a defesa. Pois dependendo da imagem, poderia levantar-se uma dúvida razoável, com relação as circunstâncias da multa. E ainda, concordo com o Leo, o sistema USA, é muito melhor! Só creio que o pardal é justificável em cruzamentos onde o indice de falecimentos é significante.
MAROTTA está offline   Responder com Quote
Antigo 18/02/10, 10:14   #4 (permalink)
Membro
Pontos: 30.077, Nível: 100
Pontos: 30.077, Nível: 100 Pontos: 30.077, Nível: 100 Pontos: 30.077, Nível: 100
Atividade: 0%
Atividade: 0% Atividade: 0% Atividade: 0%
 
Avatar de buggyman
 
Registrado em: Jan 2010
Cidade: Pelotas
Idade: 65
Posts: 622


Ver Perfil de buggyman   Ver Álbum de Fotos de buggyman   Ver Garagem de buggyman   Adicionar buggyman aos Seus Contatos   Ver Grupos A&O

Agradecer Post: 686
Agradecido 612 vezes em 312 Posts
Reputação: 20
buggyman Futura celebridade
Padrão

Aqui na minha cidade, ainda estamos livres de pardais e caetanos (como são chamados os radares de sinaleiras em Porto Alegre). Mas em Porto Alegre o sinal amarelo praticamente inexiste. É um segundo e já está vermelho. Para compensar, na outra via, o vermelho acende antes.

O problema que enfrentamos, aqui em Pelotas, são os agentes de trânsito (azulzinhos) escondidos nos cruzamentos problemáticos. Ao contrário do mundo civilizado, aqui as sinaleiras estão no outro lado da rua, fazendo com que fiquem escondidas se você estiver atrás de um ônibus, por exemplo. Se o ônibus passa e você para, atrapalha o trânsito. E se você passa atrás dele, há uma grande chance de já estar vermelho, embora os carros da via lateral ainda estejam parados no vermelho (deles). Sistemas arrecadatórios existem sempre, já que as prefeituras tem um orçamento apertado e uma das principais fontes é justamente este fluxo "multatório"...
buggyman está online agora   Responder com Quote
El diablo más sabe por viejo que por diablo! (de Jose Hernandes - Martin Fierro)
Antigo 18/02/10, 17:04   #5 (permalink)
Membro
Pontos: 20.205, Nível: 89
Pontos: 20.205, Nível: 89 Pontos: 20.205, Nível: 89 Pontos: 20.205, Nível: 89
Atividade: 69%
Atividade: 69% Atividade: 69% Atividade: 69%
 
Registrado em: Jul 2008
Cidade: Rio de Janeiro
Idade: 63
Posts: 473


Ver Perfil de byCOC   Ver Álbum de Fotos de byCOC   Ver Garagem de byCOC   Adicionar byCOC aos Seus Contatos   Ver Grupos A&O

Agradecer Post: 120
Agradecido 557 vezes em 261 Posts
Reputação: 39
byCOC Jóia brutabyCOC Jóia brutabyCOC Jóia bruta
Padrão

Olá pessoal,

Diante do que os amigos falaram, existem diversas irregularidades nesse sistema de multagem, seja com radares fixos ou móveis.

Antes mesmo de proseguir com o estudo dos detectores de avanço de sinal, lembro que os radares móveis também são altamente discutíveis, pois não raro, como o MAROTTA disse, recebemos multa com uma foto em "close" do veículo, onde não se vêm as demais faixas da via, referências do local e outros detalhes importantíssimos para se fazer uma defesa, o que caracteriza um cerceamento da defesa, o que deveria por si só anular a multagem, só que, mesmo recorrendo, é difícil anular a multa.

Lembro de uma dessas multas de excesso de velocidade numa via com 3 pistas onde minha VTR aparecia em primeiro plano mas havia um outro carro bem ao lado (só se via o teto!) mas que fiz uma defesa bem detalhada, demonstrando que não se podia afirmar que era o meu carro que estava numa velocidade tal que fizera disparar o radar e, por sorte, algum julgador mais isento me deu ganho na questão.

Nos radares mais antigos, que funcionam por ultra-som (U.S), o fato da viatura que efetua a multagem estar numa lateral da via implica que o feixe de U.S atravessa as 3 pistas e, assim, se a foto não mostrar claramente a situação das 3 pistas, pode se questionar a multagem (especialmente no caso do "closes"), pois há a possibilidade do disparo ter sido acionado por um segundo veículo não presente nas fotos, além do cerceamento da defesa citado (seria isso mesmo Irineu ?).

Acho que seria interessante um tópico específico sobre a defesa de multas aplicadas por equipamentos eletrônicos, detalhando os casos mais gritantes de injustiça, que tal ?

Ainda que seja relativamente fácil anular-se a ação dos sensores magnéticos implantados no asfalto, tal prática iria neutralizar os radares e dispositivos de multagem que, embora desvirtuados de seu propósito benéfico, servem, se bem aplicados, a uma boa causa.

Abraços,
byCOC está offline   Responder com Quote
Antigo 19/02/10, 18:22   #6 (permalink)
Membro Avançado
Pontos: 68.820, Nível: 100
Pontos: 68.820, Nível: 100 Pontos: 68.820, Nível: 100 Pontos: 68.820, Nível: 100
Atividade: 0%
Atividade: 0% Atividade: 0% Atividade: 0%
 
Avatar de Irineu Aberobaldo
 
Registrado em: Fev 2008
Cidade: São Paulo
Idade: 40
Posts: 2.750


Ver Perfil de Irineu Aberobaldo   Ver Álbum de Fotos de Irineu Aberobaldo   Ver Garagem de Irineu Aberobaldo   Adicionar Irineu Aberobaldo aos Seus Contatos   Ver Grupos A&O

Agradecer Post: 286
Agradecido 968 vezes em 589 Posts
Reputação: 74
Irineu Aberobaldo Muito bomIrineu Aberobaldo Muito bomIrineu Aberobaldo Muito bomIrineu Aberobaldo Muito bomIrineu Aberobaldo Muito bom
Enviar mensagem via Skype para Irineu Aberobaldo
Padrão

Citação: Postado Originalmente por MAROTTA Ver Post
Amigos,

Pior ainda, é quando, vc está em um sinal com um desses equipamentos em funcionamento, e vc é o primeiro da fila. Logo atrás chega uma ambulância em socorro pedindo passagem, e o guarda, que está neste cruzamento, fazendo sabe-se lá o que, te manda avançar. E ai?? Avança ou não? Eu não avançaria, afinal é mais fácil discutir uma multa sem fotografia, que é questionável, do que justificar uma com foto por avanço, justificando que tinha uma ambulância, e que o Sr. guarda mandou passar.

Já repararam que as imagens que são encaminhadas, vez por outra, são "closes", e outras mostram toda a periferia da imagem. Creio eu, que é para dificultar a defesa. Pois dependendo da imagem, poderia levantar-se uma dúvida razoável, com relação as circunstâncias da multa. E ainda, concordo com o Leo, o sistema USA, é muito melhor! Só creio que o pardal é justificável em cruzamentos onde o indice de falecimentos é significante.
Marotta, ainda que eu entenda as suas razões, o fato objetivo é que a proposta sugerida por você também constituiria infração gravíssima, conforme o artigo 189, do Código de Trânsito. Grande abraço!

---------- Post adicionado ás 20:22 ---------- Post anterior foi ás 19:57 ----------

Citação: Postado Originalmente por coc2002 Ver Post
Olá pessoal,

Diante do que os amigos falaram, existem diversas irregularidades nesse sistema de multagem, seja com radares fixos ou móveis.

Antes mesmo de proseguir com o estudo dos detectores de avanço de sinal, lembro que os radares móveis também são altamente discutíveis, pois não raro, como o MAROTTA disse, recebemos multa com uma foto em "close" do veículo, onde não se vêm as demais faixas da via, referências do local e outros detalhes importantíssimos para se fazer uma defesa, o que caracteriza um cerceamento da defesa, o que deveria por si só anular a multagem, só que, mesmo recorrendo, é difícil anular a multa.

Lembro de uma dessas multas de excesso de velocidade numa via com 3 pistas onde minha VTR aparecia em primeiro plano mas havia um outro carro bem ao lado (só se via o teto!) mas que fiz uma defesa bem detalhada, demonstrando que não se podia afirmar que era o meu carro que estava numa velocidade tal que fizera disparar o radar e, por sorte, algum julgador mais isento me deu ganho na questão.

Nos radares mais antigos, que funcionam por ultra-som (U.S), o fato da viatura que efetua a multagem estar numa lateral da via implica que o feixe de U.S atravessa as 3 pistas e, assim, se a foto não mostrar claramente a situação das 3 pistas, pode se questionar a multagem (especialmente no caso do "closes"), pois há a possibilidade do disparo ter sido acionado por um segundo veículo não presente nas fotos, além do cerceamento da defesa citado (seria isso mesmo Irineu ?).

Acho que seria interessante um tópico específico sobre a defesa de multas aplicadas por equipamentos eletrônicos, detalhando os casos mais gritantes de injustiça, que tal ?

Ainda que seja relativamente fácil anular-se a ação dos sensores magnéticos implantados no asfalto, tal prática iria neutralizar os radares e dispositivos de multagem que, embora desvirtuados de seu propósito benéfico, servem, se bem aplicados, a uma boa causa.

Abraços,
COC, aceite as minhas desculpas, mas o fato é que somente hoje tive a oportunidade de ler o tópico com a devida atenção.
Quanto aos seus comentários, é bem verdade que eu deveria tecer algumas considerações básicas acerca dos princípios e das características que norteiam e compõem os atos administrativos. Mas nem de longe pretendo ficar, por aqui, discorrendo sobre essas questões, sob pena de desvirtuamento do tópico.
De qualquer modo, na hipótese relatada por vc (aferição é feita mediante ultrassom), seria mesmo necessário o registro do local de uma forma mais ampla, mais aberta, tudo com vistas a afastar, assim, a possibilidade do desrespeito ter sido cometido por eventuais motoristas das faixas vizinhas. Com bem afirmado, uma foto fechada, em close, nessas circunstâncias, impediria, inclusive, o exercício da ampla defesa, constitucionalmente também assegurado na seara administrativa.

A propósito, aliás, dos comentários lançados no tocante às Juntas Administrativas (JARIS), peço licença aos amigos para um pouco mais de prosa. Em dada oportunidade, lembro de ter lido uma reportagem sobre essas juntas (não me lembro se na 4rodas ou no Jornal do Carro). De qualquer forma, o fato é que o conteúdo daquela reportagem me causou profunda indignação e rendeu conversas, por e-mail, e com mais de metro, com o Bob Sharp. E isso porque o repórter, no exercício do seu mister, decidiu entrevistar integrantes daquelas juntas, instaladas na capital de são paulo... Da leitura, pude constatar o despreparo, a incompetência e a parcialidade deles (integrante ex-taxista afirmando que deferia recurso de colegas de profissão, outros afirmando que mantinham a imposição da penalidade por excesso de velocidade para motoristas com menos de 30 anos, porque eles corriam mesmo e por aí vai....). Por essas e por outras é que, ao confeccionar um ou outro recurso para amigos, jamais me preocupo com o resultado desse primeiro julgamento. Provas, argumentos, fatos, análise de fato e de direito apenas ocorrem, quando muito, no 2ª grau da instância recursal, quando o reexame é feito por integrantes dos CENTRAN ou do CONTRAN, dependendo do caso, da natureza e do local da infração. Todavia, para a apreciação do reexame, é necessário o pagamento da multa, capisce? (e eventual indeferimento, nesta segunda instância, não obsta a análise judicial da questão, o que se faz também mediante provocação, é claro)...

É isso! E desculpas aos amigos pelo tamanho da jegueira do texto, como eu gosto sempre de dizer!
Irineu Aberobaldo está offline   Responder com Quote
XJ 97 MEC (BULÂNCIA); LAND 51 (LANDECO-PETROLINO); DIPLO 92 (trovão azul) e VW 1200 66 (Brasilino)
Resposta

Opções do Tópico
Modos de Exibição

Regras para Posts
Você não pode criar novos tópicos
Você não pode postar mensagens
Você não pode anexar arquivos
Você não pode editar seus posts

BB code está Ligado
Smiles estão Ligado
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado
Trackbacks estão Ligado
Pingbacks estão Ligado
Refbacks estão Ligado


Tópicos Similares
Tópico Tópico Iniciado Por Fórum Respostas Última Mensagem
Cherokee Sem Sinal Jéster Macedo Cherokee Sport - XJ 8 28/04/08 13:56


Horários baseados na GMT -3. Agora são 22:24.

A&O                             Anuncie Aqui


Copyright ©2008-2014 Aventura & Offroad